Como deve ser a alimentação de quem pratica esportes de luta?


 

Certamente, você já ouviu falar e sabe que uma alimentação saudável e balanceada é fundamental para quem busca bem-estar e qualidade de vida. Mas para quem pratica esportes, principalmente, os de luta, onde se exige mais do corpo e do organismo, a alimentação precisa (ainda mais) ser completa e nutritiva.

 

Pensando nisso, separamos algumas dicas para você se alimentar antes e depois de fazer as aulas de luta, como Boxe e Muay Thai. Continue lendo a matéria e confira!

 

 

Importância da alimentação para quem pratica lutas marciais

 

Quem pratica lutas sabe que esse tipo de esporte é ótimo para acabar com as gordurinhas indesejadas, tonificar os músculos, acabar com dores no corpo, ganhar condicionamento físico e agilidade.

 

No entanto, para que esses benefícios sejam otimizados, uma alimentação adequada antes e depois é fundamental, uma vez que ela:

 

 

- Melhora o desempenho de energia

 

- Reduz a fadiga e o tempo de recuperação pós-treino

 

- Previne lesões

 

- Mantém a saúde em dia

 

 

Até porque, não adianta praticar atividades físicas se depois do treino você comer uma barra de chocolate e um salgado frito. Com isso, todo o seu esforço será jogado fora. Por isso, veja como se alimentar antes e depois dos treinos e mantenha sua saúde em dia!

 

 

Como se alimentar antes e depois dos treinos esportivos?

 

Durante o treinamento, o metabolismo do corpo utiliza energia proveniente da glicose para realizar os movimentos. Por isso, a dica principal é nunca malhar em jejum ou de estômago vazio.

 

O ideal é comer de uma a três horas antes do treino e essa refeição deve ser composta por:

 

- Alimentos ricos em proteínas: ovo e carne, por exemplo

 

- Carboidratos de baixo índice glicêmico: frutas, pão integral e tapioca

 

- Fibras: aveia e verduras

 

 

Vale lembrar que, principalmente, durante o treino a ingestão de água deve ser alta. Se a atividade ultrapassar 60 minutos, é recomendado ingerir bebidas isotônicas, como o Gatorade.

 

Por fim, vale ressaltar a importância de realizar um trabalho em conjunto com educadores físicos e nutricionistas para seguir uma dieta personalizada de acordo com as necessidades do seu organismo.